Queda dos cabelos x Auto Imagem x Qualidade de vida

Queda de cabelos é uma queixa frequente no cotidiano da nossa clínica, cuja frequência vem aumentando progressivamente e afetando homens e mulheres.

Pessoas com grandes perdas capilares podem sofrer diminuição da sua autoestima e isso pode interferir na sua qualidade de vida.

Alopécia - O que é isto?

Alopécia é definida como a perda parcial ou total dos cabelos.

Em grande parte dos casos, é possível melhorar ou estabilizar os quadros de alopécia, dependendo de vários fatores, como o tipo de alopécia apresentado e de onde se começa, isto é, do quadro inicial instalado.

Portanto, quanto mais precoce o diagnóstico correto e o início do tratamento correspondente, melhores serão as chances de resultados satisfatórios.

Causas

image

A alopécia é multifatorial, ou seja, pode ter diferentes causas e, às vezes, superposição de mais de uma delas.

De um modo bem abrangente, podemos dividir as alopécias em: cicatriciais, isto é, seu mecanismo de ação envolve fibrose, podendo levar a destruição dos folículos pilosos e não cicatriciais (as mais comuns).

fases-alopecia-01

Destacam-se, dentre as não-cicatriciais:

Eflúvio Telógeno

queda-de-cabeloConsiste em queda exagerada de cabelos que ocorre 2 a 4 meses após um estímulo que leva a um desequilíbrio no ciclo folicular, no qual os pelos na fase anágena, passam, precocemente, às fases catágena e telágena.

Principais causas

  • Pós-parto
  • Uso de alguns medicamentos;
  • Dietas inadequadas com déficit de proteínas e minerais;
  • Períodos de estresse prolongados;
  • Doenças crônicas.

Alopécia Androgénetica

tratamentos-para-queda-de-cabelo_2Também conhecida por calvície ou alopécia familiar, é uma condição em que, nas pessoas geneticamente predispostas, pode ocorrer, por influência hormonal, uma rarefação capilar, principalmente nas regiões frontal, temporais e parietal (laterais e topo da cabeça).

Caso não tratada precocemente, a alopécia androgenética poderá ser progressiva e levar a um quadro de alopécia avançada.

Há inúmeras outras causas, como: alopécia areata, de tração, traumática… além das cicatriciais, já mencionadas anteriormente, que ocorrem, por exemplo, no lúpus e no líquen plano pilar. Daí a importância do diagnóstico correto e precoce.